sábado, 26 de outubro de 2019

Pão de ló tipo Alfeizerão sem açúcar



pao de lo tipo alfeizerao sem acucar


pao de lo tipo alfeizerao sem acucar


pao de lo tipo alfeizerao sem acucar

Pão de ló tipo Alfeizerão sem açúcar. Esta receita é o resultado de 3 experiências.
Queria fazer este bolo sem qualquer açúcar e que ficasse quase tão bom como o verdadeiro pão de ló húmido. Primeiro fiz com alperces secos. O aspecto ficou lindo, amarelo como o verdadeiro pão de ló, mas não gostei do sabor. Voltei a fazer com tâmaras ficou pouco doce e com uma textura que não agradou a 100%. Não acertei nas quantidades.
Sou muito teimosa e quando meto uma ideia na cabeça dificilmente desisto, voltei a repetir e com outras quantidades e à terceira foi de vez. Ficou divinal.
Leva apenas 3 ingredientes. Tal como este pão de ló húmido que publiquei há 5 anos e que ainda hoje  é uma receita muito partilhada e continua no top das receitas do blog.
Ovos, pasta de tâmaras e farinha. Os truques para o sucesso são os mesmos. Bater muito bem a gemada e o tempo de cozedura.
Só vos posso aconselhar; experimentem e depois digam se não tenho razão.


Ingredientes (forma 20 cm)

3 ovos + 3 gemas
pasta de tâmaras (200 g de tâmaras sem caroço + 150 ml de água)
60 g de farinha com fermento

Coloque as tâmaras numa tigela e cubra com água. Deixe hidratar durante uma hora.
Com a varinha ou um processador triture as tâmaras com 150 ml da água onde foram hidratadas, até formar uma pasta sem qualquer tipo de grumo. Reserve.

Forre uma forma redonda sem chaminé com papel vegetal.
Pré aqueça o forno a 200º.

Com a batedeira bata os ovos, as gemas e a pasta de tâmaras cerca de 5 minutos em velocidade alta, até duplicarem de volume e ficar uma gemada fofa.
Polvilhe um terço da farinha e com uma espátula mexa delicadamente sem bater até a farinha se ter incorporado. Repita até usar a farinha toda.
Deite a massa na forma. Com cuidado bata com a forma na bancada para que se desfaçam possíveis bolsas de ar.
Leve a cozer a 200º durante 12 minutos. Verifique se os lados estão cozidos, Se sim, desligue o forno e deixe o bolo 3 minutos lá dentro. Retire do forno. Deixe arrefecer até estar morno e desenforme.
Descole o papel e coloque no prato de servir ou sirva com o papel.
Pode servir morno ou frio. Fica melhor no dia seguinte. Guarde o bolo à temperatura ambiente. Não coloque no frigorífico.
pao de lo tipo alfeizerao sem acucar
  
Notas: o bolo depois de frio vai abater no meio, é mesmo assim.
Este tempo de cozedura é no meu forno, pode ter que aumentar ou reduzir uns minutos.

pao de lo tipo alfeizerao sem acucar


pao de lo tipo alfeizerao sem acucar


pao de lo tipo alfeizerao sem acucar


pao de lo tipo alfeizerao sem acucar


pao de lo tipo alfeizerao sem acucar


pao de lo tipo alfeizerao sem acucar

sábado, 19 de outubro de 2019

Bolo de batata doce

bolo de batata doce


bolo de batata doce


bolo de batata doce

Deram batatas doces à minha amiga dos limões e ela repartiu comigo. Quem dá o que lhe dão é amigo do coração, é um ditado bem antigo e neste caso bem verdadeiro.
As duas temos um feitio bem especial e nada bom, deve ser por isso que nos entendemos tão bem. Em determinadas situações, quase sempre sabemos como a outra vai reagir. O que está a pensar e como vai responder. Por vezes temos de tomar conta uma da outra para que não nos excedamos nas respostas rápidas. Tentamos que a outra tenha algum filtro antes de responder. 
A ti menina dos limões agradeço cada dia a vida ter-te colocado no meu caminho. Sabes que és o pilar que tantas vezes me segura. Obrigada!!!

Quando olhei para as batatas pensei num bolo. Adoro batata doce em bolos. Dá-lhe uma textura húmida e foi o que fiz.

Este bolo é simples de fazer. Recheei com queijo creme e no topo coloquei caramelo.

Bolo (formas de 16cm)
370 g de puré de batata doce (510 g de batata doce crua)
sumo de 1 laranja grande
5 ovos L
220 g de açúcar 
200 g de farinha sem fermento
1 colher- sobremesa- de fermento em pó
1 colher-chá de canela em pó

Recheio e cobertura
300 g de queijo creme à temperatura ambiente
60 g de açúcar em pó

Caramelo
60 g de açúcar
40 ml de natas para bater
1 colher-chá- de manteiga com sal

Frutos secos para a decoração
Lave e descasque as batatas. Corte-as em pedaços pequenos e coza em vapor ou asse.
Depois das batatas cozidas esmague com um esmagador ou um garfo. Deixe arrefecer completamente.

Pré aqueça o forno a 180º

Barre e polvilhe duas formas.

Bata os ovos com o açúcar até duplicarem de volume.
Junte o sumo de limão ao puré de batata doce e vá acrescentando à gemada batendo sempre até estar bem incorporado.
Peneire a farinha, o fermento e a canela para uma tigela e vá juntando à massa envolvendo com uma espátula.
Divida a massa pelas duas formas e leve a cozer a 180º durante 30 minutos ou até fazer o teste e estar cozido.
Desenforme para uma rede e deixe arrefecer completamente.

Para o creme de queijo com uma espátula mexa bem o queijo até obter um creme fofo e sem grumos. Acrescente o açúcar em pó peneirado a pouco e vá mexendo bem.

Montagem do bolo
Apare o topo dos bolos caso seja necessário. Corte cada bolo ao meio ficando com 4 discos de bolo.
Coloque um disco no prato de servir. Espalhe o creme de queijo e distribua uniformemente. Coloque o outro disco de bolo, endireite e volte a espalhar creme de queijo. Repita. No topo do bolo e nos lados espalhe uma camada generosa de creme, espalhe bem e alise com uma espátula ou uma faca de maneira a cobrir o bolo todo. Leve ao frigorífico cerca de duas horas.
Depois desse tempo e se tiver possibilidades coloque o bolo na arca congeladora.

Faça o caramelo, deite o açúcar no tacho e leve a lume muito baixo até o açúcar ter derretido e ficar com um cor dourada. Enquanto o açúcar derrete leve as natas uns 5 segundos ao microondas para que aqueçam um pouco. retire o tacho do caramelo do lume. Com muito cuidado junte as natas ao caramelo. Mexa bem com uma colher de pau e leve de novo ao lume, mexendo sempre até engrossar. Retire do calor e junte a manteiga e mexa até esta se derreter. Deite o caramelo numa taça para que arrefeça até ficar tépido, quase à temperatura ambiente.
Com uma colher espalhe o caramelo no topo do bolo e faça com que escorra para as laterais.
Leve de novo ao frigorífico uma meia hora.
Decore com frutos secos ou sirva simples. Deve ser retirado do frigorífico meia hora antes de servir.
Sirva em fatias e partilhe com quem tem ao seu lado.

bolo de batata doce



Nota: Há quem se queixe que tem dificuldade em desenformar os bolos que são cozidos em formas sem chaminé. O meu conselho é que depois de untar e polvilhar as formas, cortem um círculo de papel vegetal do tamanho da forma, forrem o fundo. Untem e polvilhem o papel. Penso que assim o problema fica resolvido.
Para o caramelo ficar assim a escorrer pelo bolo, sem escorrer até o prato. Tenho um truque.
Coloco um bolo na arca congeladora meia hora antes de fazer o caramelo. Deixo o caramelo ficar tépido, quase na temperatura ambiente e com uma colher espalho no topo do bolo e vou empurrando para os lados do bolo. Escorregue, mas como o bolo está gelado, acaba por colar e não fica assim.
No entanto pode levar o bolo apenas ao frigorífico e depois espalhar o caramelo. Se escorrer até ao prato não há problema nenhum. É apenas umas questão de apresentação. Gosto mais de ver assim.
Prove o creme de queijo e veja se necessita de mais açúcar.

bolo de batata doce


bolo de batata doce


bolo de batata doce


bolo de batata doce


bolo de batata doce