segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

Pudim flan dos Anjos

receita pudim flan


receita pudim flan


receita pudim flan


Este pudim é uma receita da Isabel do blog Cozinhar com os Anjos. É um pudim super fácil de fazer, apenas leva 3 ingredientes e é delicioso. Resolvi vesti-lo para receber o Natal pela sua simplicidade e por ser digno de uma mesa de consoada.
Mais uma vez quero deixar aqui registado, que não é preciso muito trabalho, nem grande despesa para termos uma mesa deliciosa.


Ingredientes (pudim pequeno)

6 ovos L
6 colheres de açúcar (usei mascavado)
5 dl de leite morno

Caramelo qb

Framboesas para decoração

Caramelize uma forma de pudim.
Pré aqueça o forno a 180º.
Amorne o leite.
Bata os ovos com o açúcar com um batedor de varas, junte o leite a pouco e pouco. Deite o creme na forma caramelizada, tape e leve a cozer em banho maria 30 a 35 minutos.
Retire do forno e do banho maria, deixe arrefecer completamente. (Deixei uma noite no frigorífico.) Passe a ponta de uma faca a toda a volta da forma e desenforme para o prato de servir. Regue com mais caramelo e decore a gosto. Sirva, saboreie e delicie-se.

receita pudim flan

Nota: O pudim ficou com uma consistência diferente do da Isabel. O meu ficou sem furinhos, isso deve-se à maneira de bater os ingredientes, se bater no liquidificador, ou com a batedeira o creme vai absorver mais ar e isso forma os ditos furinhos.
Se quiser um pudim maior duplique os ingredientes e o tempo de cozedura.



receita pudim flan


receita pudim flan


receita pudim flan


receita pudim flan


receita pudim flan


receita pudim flan

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Pastéis de nata de abóbora

pasteis de nata e abobora


pasteis de nata e abobora


pasteis de nata e abobora


Mais uma semana que começa, e sem feriados, ai, ai...
Já estou a pensar no próximo fim de semana e a pensar que receita hei-de fazer.
Quando digo que me abstraio do mundo lá fora e de todos os problemas, que me descontrai quando começo a preparar as formas há quem não me entenda. Há tanta coisa para fazer no fim de semana e eu penso enfiar-me no meio de formas. É verdade e eu também as faço quando posso. Mas isto deve ser um vício que comparo a quando temos um animal de estimação pela primeira vez. Enquanto não o temos, não sabemos o que é amar esse ser, mas depois é muito difícil pensarmos viver sem ele.
Isto é o mesmo, acabo de fazer uma receita já penso na próxima.


A receita hoje são uns pastéis de nata com abóbora, uma experiência que resultou no sabor. Por aqui adoramos e será para repetir.

Ingredientes (18 unidades- as minhas formas são pequenas)

150 g de abóbora descascada e cortada em pequenos cubos 
1 casca de limão
1 colher- café- d canela em pó
1 pitada de sal
400 ml de natas
4 gemas L
15 g de farinha de trigo sem fermento
150 g de açúcar mascavado (ou outro)

1 placa de massa folhada

Desenrole a massa folha e passe com o rolo da massa para que fique bem esticada. Volte a enrolar e corte rodelas de massa com cerca de 2 cm, com a ajuda dos dedos polegares humedecidos forre as formas espalhando bem a massa até ao rebordo da forma. Coloque as formas num tabuleiro e reserve no frigorífico.
Leve a abóbora a cozer cerca de 4 ou 5 minutos no microndas com a casca de limão, o sal e a canela, sem água. A meio do tempo mexa e verifique a cozedura.
Depois de cozida retire a casca do limão e deixe escorrer bem. Reduza a puré.

Leve um tacho a lume brando com as natas e o puré da abóbora, mexa bem e deixe aquecer sem levantar fervura.
Numa taça bata as gemas, com a farinha e o açúcar até obter um creme bem ligado. Deite pequenas porções das natas aquecidas no creme e mexa bem, repita até ter esgotado as natas.
Volte a colocar no tacho e leve novamente a lume brando mexendo sempre até o creme engrossar e formar ponto de estrada.
Deixe arrefecer um pouco enquanto isso pré aqueça o forno a 220º.

Com uma colher de gelados distribua o creme pelas formas forradas com a massa folhada sem encher completamente. Leve a cozer 15 a 20 minutos no forno, ou até achar que a massa folhou e os pastéis estão dourados. Deixe arrefecer um pouco ainda dentro do forno.
Passe a ponta de uma faca a toda a volta da forma, desenforme e sirva ainda quente ou deixe arrefecer. Delicie-se!

pasteis de nata e abobora



Notas: Pode aromatizar o creme dos pastéis com extracto de baunilha e pode polvilhar os pastéis com canela na hora de servir.
O creme vai subir e depois descer como acontece com os pastéis de nata normais.

pasteis de nata e abobora


pasteis de nata e abobora


pasteis de nata e abobora


pasteis de nata e abobora


pasteis de nata e abobora


pasteis de nata e abobora