domingo, 22 de junho de 2014

Mini tartes bom bocado

coisas simples sao a receita
Esta tarte é sem dúvida um bom bocado e bom pecado.

 Antes de passar à receita vou esclarecer porque os comentários do blog foram fechados.
Tenho pouco tempo para me dedicar a tudo o que gosto, incluindo o blog.
Se me fazem uma visita, tenho a obrigação de a retribuir e de momento é quase impossível.
Hoje em dia mais ou menos todos/as estamos no Facebook.
Qualquer dúvida, sugestão ou crítica podem sempre fazer na página do blog no Facebook, ou por mail.
No final da página está um envelope, podem usar para qualquer esclarecimento.





Receita da tarte bom bocado


Untar uma forma de tarte


Massa
Ingredientes:
200 g de farinha
100 g de manteiga à temperatura ambiente
80 g de açucar


Recheio
Ingredientes:
500 ml de leite
250 g de açucar
1 pau de canela
1 casca de limão
2 gemas
2 colher - sopa de amido de milho

Numa tigela misturar a farinha com o açucar, juntar a manteiga aos poucos e poucos, ligar bem todos os ingredientes sem amassar muito.
Formar uma bola, envolver em película aderente e levar ao frigorífico 30 minutos.

Recheio
Levar 450 ml de leite ao lume com a casca de limão, o açucar e o pau de canela.
Deixar ferver.
Aos 50 ml de leite que restou juntar duas gemas, e duas colheres de amido. Mexer bem e juntar ao leite que está ao lume.
Deixar o creme engrossar, mexendo sempre até fazer ponto de estrada.
Retirar a casca e o pau de canela.

Pré aquecer o forno a 200º

Forrar uma forma de tarte com a massa e rechear com o creme.
Cozer a 200º durante mais ou menos 30 minutos ou até a massa ficar dourada e o creme tostado.
Notas:
Esta receita dá para uma forma de 22 cm ou para 6 formas de tarteletes.
Se achar que a massa não está bem ligada, ou que está muito seca, forme uma bola, abra um buraco e coloque uma colher de sopa de água fria e volte a misturar bem todos os ingredientes.
Ter em atenção se fizer minis tartes o tempo de cozedura diminui assim como o calor do forno.
As minhas cozeram em 25 minutos a 180º.
Se usar um forno de duas resistências, deixe a tarte cozer com o calor da resistência de baixo, nos últimos 10 minutos de cozedura ligue então a resistência de cima.
Se vir que a massa já está dourada, deixe só a  resistência de cima ligada para tostar o recheio.

Se tiver dificuldade em fazer este tipo de massas para tarte, ou não tiver tempo para a fazer, faça só o recheio e use massa quebrada de compra. Para isso aconselho que depois de forrar a forma da tarte, polvilhe a massa com açucar e pressione com a mão para que adira bem à massa.