sábado, 27 de setembro de 2014

Tarte de outono



O outono veio mesmo para ficar.
Adoro a mistura de cores do outono.
 Esta tarte simboliza a caída da folha.
É uma tarte de abóbora, vegetal tão típico desta estação.
A receita é da Anna Olson, uma grande chefe pasteleira que eu não me canso de ver cozinhar.

Deixo-vos a sugestão para este fim de semana.
Há coisa mais reconfortante que ouvir o vento e a chuva lá fora e a nossa cozinha com cheirinho a bolo????

Desejo a todos/as um feliz e doce fim de semana.




Ingredientes (usei uma forma de 30 cm)

Massa:
200 g de farinha
100 g de manteiga (fria e cortada em pequenos pedaços)
1 ovo
1 colher- chá- de sal fino
1 colher- chá - de fermento em pó
2 colheres - sopa- de açucar



Recheio:
150 g de puré de abóbora (cerca de 320 g de abóbora crua)
1 lata de leite condensado
1 colher- chá- de canela
1 colher- chá- de gengibre branco em  pó
200 ml de natas
3 ovos


Unte e polvilhe uma forma de tarte.

Comece por fazer a massa.
Peneire a farinha, sal, fermento e açucar para um monte, tipo vulcão.
Abra uma cavidade e deite o ovo. Mexa em círculo com a ponta dos dedos.
Junte a manteiga cortada, e amasse com a ponta dos dedos rapidamente para a manteiga não se derreter.
Forme uma bola, envolva em película aderente e leve ao frigorífico no mínimo duas horas.
Depois de bem refrigerada estenda a massa numa superfície enfarinhada, e forre a tarteira.
Estenda as sobras da massa e use um cortador de bolachas para decorar a tarte.
Guarde no frigorífico enquanto prepara o recheio.


Pré aqueça o forno a 180 º

Para o recheio misture bem o leite condensado, com o puré de abóbora, e as especiarias.
Junte as natas e os ovos, misture bem para todos os ingredientes ficarem bem ligados.
Deite o recheio na tarteira forrada e leve ao forno 20 a 30 minutos, ou até a massa ficar dourada.

Deixe arrefecer completamente antes de desenformar.
Deve aguardar pelo menos 3 horas antes de servir.






Notas:
A massa não se deve colar aos dedos. Se isso acontecer, junte mais um pouco de farinha, ou umas gotas de água conforme for o caso, se está dura ou mole demais.
Deixe a massa da tarte começar a dourar antes de aplicar as decorações.
Nessa altura aplique a massa cortada, pincele ligeiramente com gema de ovo e leve ao forno até final da cozedura (mais ou menos 10 minutos).
Pode usar as especiarias que preferir, a abóbora combina muito bem com especiarias.
Para o puré cozi a abóbora e antes de triturar deixei-a num escorredor para que perdesse o máximo de água possível.
Antes de a triturar espremi-a com o esmagador de batatas.