domingo, 7 de dezembro de 2014

Tarte de pudim flan e maçã assada


Há muito que não tínhamos um fim de semana prolongado.
Este apesar de muito frio, trouxe-nos um sol lindo.
Por aqui trouxe também uma constipação de todo o tamanho.
A disposição não é muita, mas lá vão saindo algumas coisas doces.
Esta tarte é muito simples de fazer e fica deliciosa.
Continuação de bom fim de semana e bom feriado.



Ingredientes (forma redonda 22 cm)

Base
4 maçãs reinetas médias
2 colheres de açucar louro

Recheio
1 litro de pudim flan intantâneo

Cobertura
3 claras em castelo
2 colheres - sopa- de açucar
1 colher -chá- de sumo de limão
Bagos de romão para decorar

Unte uma forma de aro amovível com creme de culinária.
Forre o fundo da forma com um círculo de papel vegetal.
Pré aqueça o forno a 180 º

Lave,  descasque e descaroce as maçãs.
Corte as maçãs às fatias e espalhe uma camada pelo fundo da forma, polvilhe com açucar louro.
Continue até esgotar todas as fatias de maçã e o açucar.
Leve a cozer cerca de 15 minutos ou até achar que as maçãs estão assadas.
Retire do forno e deixe arrefecer completamente.

Prepare o pudim conforme as instruções e deite na forma.
Deixe solidificar.

Para a cobertura bata as claras com o sumo de limão em castelo bem firme.
Junte o açucar a pouco e pouco sem deixar de bater.
Espalhe colheradas de claras em cima do pudim solidificado e leve ao forno uns minutos até ficarem douradas.

Deixe arrefecer completamente e passe a ponta de uma faca à volta da forma e desenforme para o prato de servir.
Salpique o merengue com alguns bagos de romã.




Notas:
Fiz o pudim com 1 litro de leite e 3 embalagens de preparado de pudim para ficar mais sólido e não se desmanchar ao desenformar.
Pode servir regado com caramelo.
Tenha em atenção se a sua forma veda bem para que o suco da maçã assada não se entorne no forno.
Antes de juntar o pudim, a maçã já deve estar bem fria para evitar que se solte da base para o interior do pudim.
Deixe o pudim solidificar completamente antes de preparar o merengue.