domingo, 16 de agosto de 2015

Tarte de chocolate, avelã e alfazema


coisas-simples-sao-a-receita



Esta tarte é uma mistura de sabores.
Chocolate, alfazema, avelâ e morangos.
Casamento mais que perfeito.
Sempre que as alfazemas começam a florir tenho por hábito ir apanhar algumas.



Adoro o cheiro a alfazema, assim como gosto de um sabor ligeiro a alfazema nas sobremesas.
Costumo lavar alguns ramos de alfazema, deixar secar e depois colocar as flores num frasco com açucar.
Por norma para 1 kg de açucar utilizo uma colher de sopa cheia de flores secas de alfazema.
Deixo ficar assim uns dias e depois uso o açucar aromatizado para sobremesas.
O resto da alfazema que apanho, seco dentro dum saco de pano do pão.
Depois de secas encho sacos pequenos também de pano e coloco nas gavetas, nos roupeiros, atrás das portas....
Adoro o cheiro.

Agora vamos à receita.
Super fácil as únicas dificuldades são esperar que fique pronta e comer só uma fatia
Experimentem e depois contem-me.
Desejo-vos uma boa semana.


Ingredientes (forma 16x24 cm)
Massa
150 g de farinha
60 g de avelã moída
20 g de cacau em pó
80 g de açucar aromatizada com alfazema
1 colher -chá- de café solúvel
100 g de manteiga fria
1 ovo


Creme
200 ml de natas
50 ml de leite
300 g de chocolate negro


Decoração
Morangos
Flores de alfazema ou avelã triturada

Comece por fazer a massa.
Numa tigela misture a farinha, o cacau, o açucar, o café e a avelã.
Junte depois a manteiga cortada em pequenos pedaços.
Misture bem com a ponta dos dedos.
Junte o ovo e continue a misturar bem todos os ingredientes até que a massa não se cole às mãos e conseguir formar uma bola.
Envolva em película aderente e guarde no frigorífico cerca de 20 minutos.


Unte uma forma de fundo amovível com creme vegetal  e polvilhe-a com cacau em pó.
Reserve.

Pré aqueça o forno a 180 º.

Depois da massa estar refrigerada, estenda-a em cima de papel vegetal ou numa superfície polvilhada com cacau.
 Forre a forma, pique o fundo com um garfo.
Corte um rectângulo de papel vegetal e tape a massa com o papel, de maneira que este fique junto à massa.
Encha a forma com feijão ou grão seco, e leve a cozer 15 a 20 minutos, ou até verificar que a massa está cozida.
Retire do forno, deixe arrefecer um pouco.
Retire o papel e o feijão e preencha  de maneira uniforme com o recheio.
Deixe arrefecer completamente e leve ao frigorífico uma hora.
Depois desse tempo, lave os morangos, retire-lhes os pés e seque-os com papel absorvente.
Distribua os morangos pela tarte.
Leve de novo ao frigorífico até o creme solidificar completamente.

Enquanto a massa coze, prepare o recheio.
Parta o chocolate em bocados pequenos. Reserve.
Coloque as natas e o leite numa panela e leve ao lume, até a mistura começar a borbulhar.
Retire do lume e junte o chocolate partido todo de uma vez.
Aguarde 2 ou 3 minutos, e mexa vigorosamente com uma vara de arames.
Mexa bem até todo o chocolate estar derretido.
Depois de derretido deite o creme num recipiente que esteja bem seco e continue a mexer até o chocolate arrefecer e ficar apenas morno.

Sirva a tarte fresca e polvilhada com flores de alfazema ou avelã triturada.

coisas-simples-sao-a-receita



Notas: Se não tiver açucar aromatizado faça com açucar normal, não vai ser isso que vai impedir de fazer a sua tarte.
Se achar que a massa está difícil de trabalhar junte mais um pouco de farinha.
Pode fazer a massa no robôt de cozinha, a ordem dos ingredientes é a mesma.
Se tiver dificuldades em estender a massa toda de uma vez, não desista.
Estenda-a a pouco e pouco e vá forrando a forma.
Pode fazer a tarte numa forma redonda, penso que dá para uma de 18 cm.















coisas-simples-sao-a-receita